É urgente reforçar o orçamento do SNS

Eugénio Rosa    25.Nov.20

O subfinanciamento crónico está a destruir o SNS e a incapacitá-lo de responder às necessidades do país. Os próprios dados oficiais provam que, mesmo em plena grave crise de saúde pública, existe uma clara insuficiência de meios (em 2021, as transferências do OE são inferiores à despesa em 1.089 milhões €). Para colmatar a enorme divida acumulada o governo faz de tempos a tempos transferências extraordinárias ou permite a utilização dos capitais próprios para outros fins: mas desta forma o SNS é estrangulado no seu funcionamento diário, impedindo qualquer gestão racional, eficiente e responsável.

Odiario
Odiario

A pandemia na China: uma lição de governança para o Ocidente

Ugo Bardi    21.Nov.20

Enquanto por cá e pelo mundo ocidental em geral prossegue uma campanha verdadeiramente terrorista tentando incutir um medo sem rosto e irracional (a ponto de se pretender ser necessário prescindir de direitos e liberdades básicas para a combater a pandemia), é necessário recordar o que se passa a Oriente, e não só na China. É que aí a pandemia não só está contida como gerou uma mortalidade incomparavelmente mais baixa do que no Ocidente. Aí não se coloca a alternativa entre “saúde” e “economia”: controlada a pandemia, a actividade social retomou toda a normalidade.

Odiario
Odiario

50 anos de convergências

Manuel Loff    18.Nov.20

Mal a direita clássica (PSD e CDS) precisou dos votos da extrema-direita para retomar o poder, aceitou imediatamente negociar com esta e, pudicamente sem a incorporar no governo, assumiu no seu programa aspectos tão simbólicos quanto a restrição radical de direitos sociais e a revisão da Constituição! Mas não há novidade alguma nesta aliança.

Odiario
Odiario

O acordo comercial RCEP anuncia o alvorecer do Século Asiático

A assinatura do maior acordo mundial de livre comércio cria o equivalente asiático dos pactos da União Europeia e da América do Norte. No tabuleiro geopolítico mundial a balança económica pende de forma cada vez mais desfavorável aos EUA. A guerra comercial de Trump contra a China não só não isolou a grande potência económica asiática como não impediu a concretização deste acordo, que inclui países (como o Japão e a Austrália) que são fiéis aliados dos EUA.

Odiario
Odiario

A Alemanha e a Revolução dos Cravos. Uma investigação sobre a Fundação Ebert

António Louçã    14.Nov.20

A ajuda e o incentivo internacional à contra-revolução em Portugal desempenhou um papel decisivo: as forças internas não teriam sido capazes de a levar a cabo. A RFA (seja com a democracia-cristã como com a social-democracia no poder) não deve ser ignorada, tanto pelo apoio que manteve ao Portugal fascista, como pela activa intervenção após o 25 de Abril. Intervenção que vai do ataque ao MFA à promoção do divisionismo sindical, do incentivo à ingerência estrangeira ao vultuoso financiamento de toda a acção contra-revolucionária. E que teve como interlocutores (e títeres) privilegiados o PS de Soares e o PSD de Sá Carneiro.

Odiario
Odiario

A que ruptura nos convoca a crise actual do capitalismo?

Rémy Herrera [*]    13.Nov.20

«O que estou a dizer é que não haverá saída para o problema sanitário com pessoas que destroem o hospital público; nem saída para o problema financeiro com bancos que continuam a especular. Não haverá solução para o problema ambiental com ecologistas uns mais neoliberais do que outros, tal como não houve solução para os problemas sociais com os social-liberais do PS. E acrescentarei que tão pouco haverá saída para o terrorismo religioso com os mercadores do templo que enfraqueceram a educação nacional e a laicidade, vendendo-a ao sector privado, que além disso é confessional.»

Odiario
Odiario

Enquanto o apoio aos desempregados diminui e a pobreza e miséria alastram no país, as medidas tomadas pelo Governo devido à 2ª vaga do “Covid” causarão maior afundamento da economia e mais desemprego

Eugénio Rosa    11.Nov.20

O desemprego é a causa mais importante da pobreza no nosso país. Mesmo antes da pandemia, 47,5% dos desempregados estavam no limiar da pobreza. A maioria dos desempregados não recebe o subsídio de desemprego porque a lei os exclui. Os dados do INE iludem a opinião pública sobre a verdadeira dimensão do desemprego, e da miséria e pobreza que ele causa. Esconder a dimensão do problema é uma das formas de evitar tomar as medidas urgentes que ele implica.

Odiario
Odiario

Canadianos apelam a que o departamento de justiça investigue recrutamento das Forças de Defesa de Israel em escolas de Toronto

Yves Engler    10.Nov.20

Uma informação insólita e chocante sobre como o sionismo internacional recruta em escolas estrangeiras para as forças armadas de Israel. O caso concreto diz respeito ao Canadá, mas provavelmente não será isolado. E merece igualmente registo o repugnante facto de nessas escolas se instilar uma mentalidade de ódio racista e a disponibilidade para matar em seu nome em crianças da mais tenra idade.

Odiario
Odiario

Perguntas*

Anabela Fino    09.Nov.20

Confirmada a derrota de Trump, justificar-se-ão os festejos pela saída de cena (ao que parece, muito renitente) desta grotesca figura. Mas é manifestamente exagerado o foguetório sobre uma “vitória da democracia”. O que figura nos EUA tem muito pouco de sistema democrático. E isso não tem apenas a ver – como aconteceu com Trump – com alguém ser eleito tendo menos votos que o adversário directo. Tem a ver com as centenas de milhares de eleitores “inconvenientes” que são apagados dos cadernos eleitorais, com a engenharia da distorção dos círculos eleitorais, com um sistema em que é preciso ser multimilionário para ser candidato. Quem prospera em tal quadro não é a democracia, é a extrema-direita.

Odiario
Odiario

A quinta esfera da guerra

Valentín Katasonov    07.Nov.20

Há muito que os EUA (e seus aliados, com destaque para a Grã-Bretanha) clamam contra os “ataques cibernéticos russos”. A verdade é que são os EUA quem conduz uma activa guerra cibernética, cujos principais alvos têm sido o Irão e a Rússia. O espantalho da «interferência russa» foi particularmente agitado a propósito das eleições presidenciais de 2016 nos EUA (e também a propósito do “Brexit”). Seja qual for o resultado das eleições presidenciais de agora, o que é de esperar é uma forte intensificação dos ciberataques EUA contra a Rússia.

Odiario
Odiario

Decadência perigosa*

Jorge Cadima    06.Nov.20

Quando este artigo foi escrito ainda não era conhecido o resultado das eleições nos EUA. Todavia, qualquer que fosse o presidente eleito, quaisquer que fossem as maiorias no congresso e no senado, nada de novo haveria a esperar. Os eleitos são gente do mesmo sistema, e certamente não será detida a decadência da maior potência capitalista actual. Decadência que vem de longe, e cuja agressiva agudização configura graves ameaças para a humanidade.

Odiario
Odiario

E, no entanto, ela move-se…

António Abreu    04.Nov.20

Na América Latina e Caribe a persistência dos protestos populares impôs ao imperialismo importantes recuos e reveses. As recentes vitória eleitoral na Bolívia e esmagadora votação popular chilena no sentido da revogação da Constituição pinochetista são uma poderosa expressão dessa resistência. Encorajarão o reforço de processos de transformação progressista num continente cujos povos tão duramente vêm lutando pela emancipação social e a soberania nacional.

Odiario
Odiario