Um homem do futuro

AbrilAbril    05.May.21

Há cem anos nasceu o militar e primeiro-ministro que, no breve espaço de um ano, deixou o seu nome ligado à maior parte dos direitos constitucionais que constituem hoje a base da nossa vida democrática.

Odiario
Odiario

Intervenção dos EUA no Afeganistão está longe de terminar

AbrilAbril    04.May.21

Tal como em outros aspectos da política externa, a administração Biden pretende prosseguir no Afeganistão o mesmo que os seus antecessores fizeram. A diferença será uma comunicação mais hábil, e os media globais rendidos à a imagem de “um novo ciclo”.
Porque a saída formal de tropas norte-americanas será com toda a probabilidade a passagem a outro formato de ingerência. Os EUA vão manter-se no Afeganistão por via de uma «combinação obscura de Forças de Operações Especiais clandestinas, mercenários a soldo do Pentágono e agentes secretos de inteligência».

Odiario
Odiario

Uma história “sem álibis nem omissões”

Manuel Loff    30.Abr.21

Gerou-se um coro de elogios ao discurso do PR no 25 de Abril. Quem leia o discurso e conheça a pessoa e a sua trajectória, dificilmente encontrará razões para integrar esse coro. E algumas das posições elogiadas são, isso sim, merecedoras de severa discordância, nomeadamente a tentativa de apresentar o passado colonial e esclavagista do país como algo correspondendo a valores consensuais no seu tempo. «Chama-se a isso o uso político do passado».

Odiario
Odiario

Terrorismo nuclear de Israel contra o Irão: destruição mútua garantida (MAD)

Nazanín Armanian    29.Abr.21

A agressividade terrorista de Israel acrescenta achas à explosiva fogueira do Médio Oriente. A administração Biden dá-lhe toda a cobertura: a política externa de Biden em nada rompe com a de Trump, tal como a deste prosseguiu o que Obama já fizera, e assim por diante. Não é por mudar o pessoal de serviço que se altera a acção do imperialismo EUA e dos seus aliados. E se o sionismo vê na sistemática desestabilização um meio de iludir as suas contradições internas, do lado do Irão as perspectivas são igualmente pouco animadoras.

Odiario
Odiario

(Neo)colonialismo pandémico

Raquel Ribeiro    28.Abr.21

As dinâmicas de dependência neocoloniais continuam absolutamente evidentes. A Covid-19 só as pôs ainda mais a nu e, no caso das vacinas, de forma ainda mais flagrante. Países como a Indonésia e o Brasil receberam, até agora, uma em cada 10 doses da AstraZeneca que esperavam até Maio. Enquanto o Bangladesh, México, Myanmar e Paquistão não receberam absolutamente nenhuma.

Odiario
Odiario

A Comunicação na era da Internet

Luis Britto Garcia    27.Abr.21

Um muito interessante ponto da situação sobre a forma como a internet evoluiu de um canal que prometia multiplicar e comunicar informação de forma praticamente gratuita e universal a um sistema de gigantescas redes sociais e anti-sociais dirigidas por anónimos, sobre cujas decisões e operações não temos notícias nem direito a reclamar, e que pretendem exercer plenos direitos sobre os nossos dados e as nossas criações. Um sistema de espionagem, controlo e manipulação ao pé do qual a televisão “bidireccional” imaginada por Orwell seria uma «brincadeira de crianças».

Odiario
Odiario

Democratopatia osteomuscular

António Santos    26.Abr.21


Os trabalhadores da Amazon em Bessemer, Alabama, queriam formar um sindicato. O objectivo era modesto: uma estrutura que os defendesse das desumanas cargas e ritmos de trabalho impostos pela empresa cujo proprietário é o homem mais rico do mundo. Foram derrotados por uma campanha de chantagem e de pressão autenticamente terrorista. Na maior potência capitalista, que se arroga o direito de dar lições de democracia ao mundo, qualquer tentativa de organização dos trabalhadores defronta tais dificuldades e hostilidade que é praticamente inviável.

Odiario
Odiario

A desigualdade causada por uma política fiscal injusta aumentou, e o governo não vai cumprir a promessa de baixar o IRS

Eugénio Rosa    23.Abr.21

A Constituição dispõe que “O imposto sobre o rendimento pessoal (IRS) visa a diminuição das desigualdades e será único e progressivo, tendo em conta as necessidades e os rendimentos do agregado familiar”. Mas as leis em vigor desvirtuam completamente essa norma. Portugal é um paraíso fiscal para estrangeiros e empresas, mas é um “inferno” fiscal para os portugueses, que têm de financiar escândalos como o Novo Banco. São fundamentalmente os rendimentos dos trabalhadores e dos pensionistas portugueses que constituem a quase totalidade dos rendimentos englobados para efeito de IRS.

Odiario
Odiario

Morreu Ramsey Clark: um procurador-geral que se voltou contra o imperialismo

Gloria La Riva    22.Abr.21

Homenagear Ramsey Clark será mais do que evocar a figura de um verdadeiro humanista, de um consequente combatente contra o racismo, a guerra e a agressão imperialista, a injustiça social, de um internacionalista lutador pela paz e pelos verdadeiros direitos humanos. Será recordar que toda essa coerente e admirável actividade de uma vida inteira foi exercida num país – o seu – onde lutar por tais ideias e causas exige excepcional coragem e força de carácter. Os EUA são uma sociedade em cujas contradições internas existe o pior do capitalismo, mas onde também existiram e existem figuras merecedoras de toda a admiração. Ramsey Clark será certamente um dos mais destacados.

Odiario
Odiario

Muitas notícias falsas (feiquenús) e ainda mais falta de vergonha (xeimelésse)

Manuel Gouveia    21.Abr.21

Os apoios extraordinários que a administração dos CTT exige ao governo não são para compensar prejuízos, são simplesmente para aumentar os milhões distribuídos aos seus accionistas. Fundamentam essa reclamação num desavergonhado conjunto de mentiras. E se o fazem é talvez por estarem à espera de alguma transigência por parte de um ministro que pisca à esquerda mas governa à direita.

Odiario
Odiario

Contributo à discussão sobre o tema “Lei de Bases do Clima”

Estão em discussão na AR 8 projectos de “lei de bases do clima”. Trata-se de um tema da maior importância, mas também de um tema profundamente inquinado do ponto de vista do diagnóstico, dos objectivos e dos meios. Para o capitalismo trata-se, como sempre, de dominação e de negócio. Vários destes projectos de lei pretendem instituir o recurso aos mecanismos de mercado e “instrumentos financeiros” como estratégia de acção. Todavia, o único efeito que tais meios conseguiriam seria exclusivamente aumentar cada vez mais a concentração de riqueza e de poder num pequeníssimo grupo de imensas fortunas, à custa da privação, muitas vezes extrema, de todas as outras pessoas, sem nenhum benefício ambiental. Este documento esclarece porquê.

Odiario
Odiario

Teias

Jorge Cadima    19.Abr.21

O jornal online do BE publica um texto atacando os que condenam a intervenção imperialista na Síria. Trata-os de “imbecis” porque o que ali há, acham eles, é uma genuína revolta popular. Quem queira entender melhor a natureza do BE deve dar atenção às suas posições sobre questões internacionais. Bastará, aliás, acompanhar muitas das votações dos seus eurodeputados, por vezes tão próximas ou coincidentes com posições que nada têm “de esquerda”.

Odiario
Odiario